Verónio 0Duvane min

O antigo Inspector e ex-Director da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE), Verónio Gaspar Duvane, vai ao julgamento, acusado pelos crimes de concussão e abuso de cargo e função. Com ele vão também oito agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM). Todos serão julgados no Tribunal Judicial do Distrito Municipal de KaMpfumo, na cidade de Maputo.

 

A informação foi tornada pública na tarde de ontem, pelo Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC), em comunicado de imprensa. No documento, o GCCC sublinha que Duvane vai a julgamento após ter sido detido em flagrante delito em Maio último, recebendo cerca de 250 mil Meticais, de um agente económico.

 

Após o episódio, que “paralisou” a INAE, o GCCC instruiu o processo nº 30/11/P/GCCC/2022, por suspeita do envolvimento daquele inspector sénior em cobranças ilícitas. Já no decurso das investigações, foram igualmente detidos oito membros PRM, por suspeita de seu envolvimento em actos de cobranças indevidas e detenção ilegal ao mesmo agente económico.

 

Refira-se que dos nove arguidos, um encontra-se em liberdade após pagamento de caução. Trata-se de Verónio Duvane. Os restantes encontram-se detidos em prisão preventiva. (Marta Afonso)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.