TRINTA e cinco blocos de serviços de consulta no Hospital Central de Maputo (HCM) estão sem corrente eléctrica, na sequência de um incêndio de médias proporções que destruiu, na segunda-feira, um dos blocos operatórios que estava em reabilitação.

A situação, segundo explica o director do HCM, Mouzinho Saíde, atrasou o trabalho dos profissionais de saúde em alguns sectores, com  destaque para o bloco de sangue e laboratório de análises clínicas, sem, no entanto, comprometer a vida dos pacientes internados no maior hospital do país.  

Indicou que o incêndio deflagrou, por volta das 16 horas, numa conduta desactivada, sendo que a pronta intervenção dos Bombeiros minimizou os danos.

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.