A Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) encerrou, semana finda, uma fábrica de capitais chineses, que se dedicava ao fabrico do varão de construção, no distrito de Nicoadala, província da Zambézia. De acordo com o comunicado de imprensa emitido pela INAE, a empresa, que se dedica a esta actividade desde 2018, fabricava varões de construção de baixa qualidade, o que foi comprovado pelos testes laboratoriais.

 

Segundo a INAE, muitos cidadãos compraram os referidos varões e usaram os mesmos para a construção. Sublinha que os proprietários da referida fábrica são os mesmos que, recentemente, foram detidos acusados de vandalização de torres da Electricidade de Moçambique (EDM).

 

Refira-se ainda que a INAE tem estado a encerrar diversos estabelecimentos comerciais por não reunirem condições para o seu funcionamento. Só na primeira quinzena do mês de Setembro, 142 estabelecimentos foram fechados. (Marta Afonso)

 

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.