Cristal pode pagar multa de mais de 100 mil meticais

Uma semana depois de ter sido encerrado por graves problemas de higiene e limpeza, o restaurante e pastelaria Cristal, situado numa das zonas nobre da cidade de Maputo, já está autorizado a reabrir ao público.

As paredes dos armazéns de bens consumíveis foram pintadas, os produtos já estão organizados. O corredor da cozinha foi limpo e a loiça também está organizada. No armazém de bebidas, já foi tapada a fossa que exalava mau cheiro, as casas de banho e também os vestiários dos funcionários já foram organizados.

A Inspectora – Geral das Actividades Económicas, Rita Freitas, explica que o processo ainda não está encerrado, e que no momento decorre o cálculo da multa que pelo nível de irregularidades pode ser de mais de 100 mil meticais.

Os proprietários do Cristal assumem desleixo, e dizem que o problema de infiltração não está totalmente resolvido, e já há muito tempo que solicitam a intervenção do Município. E caso o problema não seja resolvido, nos próximos dias, o estabelecimento poderá encerrar as portas em definitivo.

A INAE (Inspecção Nacional das Actividades Económicas) diz que vai continuar a desenvolver as suas acções em todo o país, e apela que os agentes económicos não esperem pela inspecção para manter os seus estabelecimentos limpos.

Fonte:http://opais.sapo.mz/index.php/sociedade.html

Leave a Reply

Your email address will not be published.