A Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) revela ter registado, até ao terceiro trimestre de 2020, uma produção de energia de 11.602,31 GWh, correspondente a 2,3% acima do planeado para o período em análise, não obstante os efeitos adversos e severos da Covid-19 sobre a economia e sobre as empresas.

 

Em comunicado de imprensa, recebido na nossa Redacção, a HCB reporta ainda que durante os primeiros nove meses, a venda de energia fixou-se em cerca de 19 mil milhões de Meticais, 1,7% acima do planeado. Com esta realização, a empresa assegura continuar a implementar os seus projectos de melhoria na performance operacional, assegurar o cumprimento integral dos contratos com os colaboradores e clientes, honrar os compromissos com os fornecedores e os accionistas e pagando integral e pontualmente os impostos, taxas e dividendos.

 

“Permite, igualmente, à HCB prosseguir com a realização de iniciativas de responsabilidade social corporativa”, acrescenta a nota.

 

Mesmo com esses resultados, a HCB diz que continua determinada a alcançar a meta de produção anual de 14.938 GWh atenta ao contexto macroeconómico adverso, agravado por choques exógenos, incluindo os da propagação da Covid-19. (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.