A Organização Mundial da Saúde está preocupada com a degradação do sistema de saúde em Gaza e voltou a pedir a Israel que tome medidas para proteger os civis.

“Mais uma vez, não há lugares seguros em Gaza. A Organização Mundial da Saúde está gravemente preocupada com a retoma das hostilidades, incluindo bombardeamentos pesados, em Gaza. Hoje a OMS recebeu uma notificação das Forças de Defesa Israelitas para retirarmos os nossos produtos de dois armazéns médicos no sul de Gaza em 24 horas,pois as operações no terreno, iriam destruí-las”, afirmou um representante da organização.

Para OMS, intensificar as operações militares no sul de gaza, especialmente em Khan Younis, poderá negar cuidados médicos a milhares de pessoas. principalmente ao complexo médico Nasser e ao Hospital Europeu de Gaza.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *