O Conselho de Ministros aprovou, esta terça-feira, 26 de Março, o decreto que aprova os termos do contrato de concessão de pesquisa e produção de petróleo para a área offshore Save, S6-A, à CNOOC Hong Kong Holding Ltd e à Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P (ENH, EP), na qualidade de concessionárias.

Ainda na sessão de ontem, o Executivo aprovou o decreto que aprova os termos do contrato de concessão de pesquisa e produção de petróleo, para a área offshore Save, S6-B, à CNOOC Hong Kong Holding Ltd e a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P (ENH, EP), na qualidade de concessionárias.

Outro decreto aprovado pelo Conselho de Ministros é o que aprova os termos do contrato de concessão de pesquisa e produção de petróleo, para a área Offshore Angoche A6-G, à CNOOC Hong Kong Holding Ltd e à Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P (ENH, EP), na qualidade de concessionárias.

“O decreto que aprova os Termos do Contrato de Concessão de Pesquisa e Produção de Petróleo, para a área Offshore Angoche, A6-D, à CNOOC Hong Kong Holding Ltd e a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P (ENH, EP), na qualidade de concessionárias; O decreto que aprova os Termos do Contrato de Concessão de Pesquisa e Produção de Petróleo, para a Área Offshore Angoche A6-E, à CNOOC Hong Kong Holding Ltd e à Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, E.P (ENH, EP), na qualidade de Concessionárias”, especificou ainda o porta-voz da Sessão do Conselho de Ministros, Filimão Suazi.

No Conselho de Ministros de ontem, o Governo abordou ainda a situação da época chuvosa e ciclónica 2023/2024, com enfoque para os impactos registados em resultado dos fenómenos naturais e antropogénicos ocorridos. Há, até agora, o registo de mais de 100 mortos desde Outubro do ano passado.

Por outro lado, o Executivo falou sobre a situação epidemiológica da cólera e da conjuntivite hemorrágica e das medidas de prevenção e controlo.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *