O Basel Institute está a recrutar um Gestor do Programa, para Maputo, em Moçambique.

Descrição
  • O ICAR é um centro especializado do Basel Institute on Governance que trabalha com países
    de todo o mundo para reforçar as suas capacidades de recuperação de bens ilicitamente
    adquiridos. É dada especial ênfase à tutoria prática para ajudar os profissionais das
    autoridades de aplicação da lei e do Ministério Público a conduzir investigações financeiras,
    desenvolver estratégias adequadas para a acusação de crimes de corrupção, e identificar,
    restringir e confiscar os produtos do crime
  • O ICAR também apoia os processos de reforma legislativa e institucional, desenvolve e
    proporciona formação à medida, e trabalha com outras organizações internacionais para
    fazer avançar a inovação e o diálogo político global sobre recuperação de bens. Reforço da aplicação da lei anti-corrupção e da capacidade de recuperação de bens
    em Moçambique
  • O Basel Institute, na sequência de um pedido da Procuradoria-Geral da República de
    Moçambique (PGR), presta apoio a Moçambique na investigação e acção penal de casos
    complexos de corrupção internacional e na recuperação de bens ilicitamente adquiridos.
    Esta cooperação faz parte de um programa de assistência técnica de 4,5 anos implementado
    pelo ICAR, com financiamento da Agência Suíça para o Desenvolvimento e Cooperação
    (SDC) (Moçambique)
  • O foco principal do programa é o reforço das capacidades de investigação e de acção penal
    com vista a recuperar bens através de aconselhamento prático, formação estruturada e apoio
    aos processos de reforma legislativa e institucional. A este respeito, uma das principais
    actividades do projecto até à data tem sido o apoio à PGR na criação de um Gabinete Central de Recuperação de Activos, um esforço que tem sido complementado com contribuições para as recentes emendas legislativas relacionadas com a luta contra a corrupção. O programa está também a apoiar a PGR para reforçar as capacidades de investigação criminal em toda a cadeia processual de recuperação de bens
  • Data de início: Fevereiro de 2023
  • Taxa de emprego: 100%
  • Duração do contrato: Até o 31 de dezembro (com possibilidade de prorrogação)
  • Supervisor(a): Responsável de Programas baseado na sede, ICAR
  • Número de relatórios: Nenhum
  • Aberto a: Nacionais/residentes moçambicanos com autorização de
    trabalho válida
Funções
  • O/a Gestor(a) do Programa será responsável pela gestão dos aspectos logísticos da entrega
    diária do programa acima mencionado, assegurando que o mesmo seja entregue de acordo
    com os requisitos e regulamentos dos doadores, bem como com as políticas e
    procedimentos do Basel Institute. Enquanto titular do posto reportará formalmente ao
    Responsável do Programa (PO) da sede, especialmente em relação à aquisição, logística e
    planeamento. Será supervisionado no dia-a-dia e estará sob a direcção do Chefe de Equipa
    (TL) do programa
  • As principais responsabilidades e tarefas associadas são as seguintes:
Gestão do Programa
  • Apoia a TL na elaboração de relatórios do programa, incluindo relatórios semestrais
    de progresso, bem como outras necessidades de relatórios ad-hoc, internos e
    externos
  • Apoia a TL na preparação de planos de trabalho e previsões financeiras anuais com
    custos, e ajuda com actualizações periódicas desses planos
  • Com o PO, identifica os recursos necessários para actividades novas/ajustadas e
    avalia em relação ao orçamento disponível, concorda com a revisão das afectações
    com a TL, e, se necessário, apresenta ao doador a fundamentação técnica e o
    orçamento revisto para aprovação
  • Coordena todas as aquisições locais de bens e serviços necessários para a entrega
    do projecto, aplicando políticas e procedimentos do Basel Institute, e acompanha as
    aquisições desde a fase do pedido através de aprovações, prestação de serviços,
    facturação e pagamento
  • Assegura a obtenção e transmissão de documentação de apoio suficiente para todas
    as transacções financeiras, em conformidade com as políticas e procedimentos do
    Basel Institute e os regulamentos dos doadores
  • Presta apoio, sempre que necessário, nas questões logísticas relacionadas com o
    destacamento de quaisquer consultores de curto prazo que possam ser contratados
    para apoiar aspectos relacionados com a actividade do programa
  • Assiste na preparação de auditorias e revisões de programas com base em
    Moçambique, conforme seja necessário
  • Em conjunto com o PO, detém a responsabilidade pela gestão do orçamento do
    programa, trabalhando com o PO para desenvolver e aplicar procedimentos de
    monitorização e análise do orçamento do programa
  • Actualiza regularmente o TL e os peritos em orçamento disponível para actividades
    locais, tendências de despesas do programa e áreas de risco através do fornecimento
    regular e atempado de relatórios de acompanhamento de despesas
  • Implementa procedimentos para a gestão de informação/documentos
Garantia de qualidade e monitorização do progresso
  • Controlar o andamento dos planos de trabalho com a TL, ajustando a atribuição de
    recursos conforme necessário para cumprir os objectivos no prazo previsto
  • Apoia a TL e a equipa técnica de consultores no país para monitorizar o progresso
    em relação aos objectivos do programa através de ferramentas de monitoramento e
    avaliação (M&A), etc., em estreita coordenação com o PO com base na sede e/ou o
    Chefe de M&A
Relação e gestão de risco
  • Apoia a TL e a equipa técnica de consultores no país com a gestão das partes
    interessadas, incluindo especificamente os parceiros governamentais e o doador
  • Apoia o TL e o PO baseado na sede para gerir os riscos para a entrega do programa,
    reputação ou segurança do pessoal, monitorizando o contexto, mantendo um registo
    dos riscos e trabalhando com equipas técnicas de aconselhamento para implementar
    medidas de mitigação; e de forma semelhante, monitoriza os desenvolvimentos
    contextuais para identificar novas oportunidades para o Programa (por exemplo,
    actividades novas/expandidas)
Requisitos
  • Diploma universitário (o mestrado é uma vantagem)
  • Seis anos de experiência de gestão de programas progressivamente responsável
  • É necessária experiência prévia de trabalho em programas de desenvolvimento
    internacional financiados por doadores, de preferência na governação e/ou
    programação anti-corrupção
  • Experiência demonstrável na gestão de orçamentos, finanças e previsões
  • Excelentes capacidades de comunicação escrita e oral em português, incluindo a
    capacidade de produzir relatórios de progresso escritos de forma convincente e
    sucinta, editar o trabalho de peritos, e representar o programa adequadamente para
    uma variedade de interessados
  • Fluência em Inglês, tanto falada como escrita
  • Conhecimento básico dos processos e ferramentas de M&A
  • Capacidade de construir relações e redes de clientes eficazes e credíveis, incluindo
    com uma série de intervenientes multiculturais (à distância e pessoalmente)
  • Elevado grau de capacidade organizacional, incluindo trabalhar bem sob pressão e
    um forte registo de tarefas, cumprindo prazos apertados
  • Conhecimentos elevados em informática, incluindo o conjunto completo da
    Microsoft, especialmente o Excel
  • Experiência com ferramentas de gestão de projectos (a contabilidade básica do
    projecto é uma vantagem)
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • O candidato seleccionado deverá demonstrar que cumpre os requisitos da lei
    moçambicana para trabalhar em Moçambique
  • Pacote de remuneração: O salário será proporcional à experiência e à responsabilidade. O cargo tem direito a um subsídio para seguro de saúde, e 25 dias de férias pagas por período de 12 meses.
  • Por favor envie por e-mail o seu ficheiro de candidatura completo, incluindo uma carta de motivação em inglês e o seu CV detalhado (num único ficheiro PDF) o mais cedo possível (as candidaturas serão revistas numa base contínua), mas o mais tardar até o 3 de Fevereiro de 2023 por e-mail
  • O Basel Institute é um empregador de igualdade de oportunidades. Não discrimina com base na raça, religião, cor, sexo, identidade de género, orientação sexual, idade, deficiência física ou mental não-desqualificante, origem nacional, estatuto de veterano ou qualquer outra base coberta por lei apropriada. Todo o emprego é decidido com base em qualificações, mérito, e necessidade empresarial
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
2. Candidatura

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo

 

Fonte:Emprego

Leave a Reply

Your email address will not be published.