cfcc425503378e1dc455ff3ac2131bd4

MAPUTO – O negócio gigante italiana – que tem uma participação de 50% na Área 4 através de sua participação de 71,4% na Eni East Africa, que por sua vez detém uma fatia de 70% do segmento – permanecer como operador de todas as operações a montante e continuar a liderar o projecto de gás natural liquefeito.

No entanto, a ExxonMobil vai liderar a construção e operação de instalações de liquefacção de gás natural onshore.

“Este modelo operacional permitirá o uso das melhores práticas e habilidades dentro da Eni e ExxonMobil com cada empresa focada em escopos distintos e claramente definidos, preservando os benefícios de um projeto totalmente integrado”, disse o representante da Eni, nesta quinta-feira.

A produção agrícola deixa a Eni East Africa detida por 35,7% da ExxonMobil e Eni e de 28,6% pela China National Petroleum Corporation (CNPC). As restantes partes interessadas na Área 4 são a portuguesa Galp Energia, a Kogas da Coreia do Sul e a estatal ENH, cada uma com 10%.

O executivo-chefe da ExxonMobil, Darren Woods, afirmou: “Este investimento estratégico permitirá que a liderança e experiência do ExxonMobil LNG apoiem o desenvolvimento dos abundantes recursos de gás natural de Moçambique.

“Esse acordo representa evidência material de nossa estratégia de exploração baseada na monetização precoce de nossas descobertas de exploração, como parte de nosso modelo de” exploração dual “.

“Através desta estratégia, a Eni conseguiu captar mais de US $ 9 bilhões nos últimos quatro anos e, além disso, o acordo confirma a qualidade de classe mundial, o potencial de produção, a robustez técnica e financeira de todo o projecto”.

Área 4 contém um estimativa de 85 trilhões de pés cúbicos de gás natural.

Todos os parceiros existentes da Coral – além da CNPC – sancionaram o esquema FLNG Coral, com uma decisão final de investimento em breve.[CC]

http://www.folhademaputo.co.mz//pt/noticias/nacional/gas-no-rovuma-exxonmobil-confirma-a-entrada-na-area-4-com-um-valor-de-28-bilhoes-de-dolares/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *