A Frelimo está a planificar o futuro “risonho dos moçambicanos”, segundo anunciou há momentos o presidente do partido no poder, Filipe Nyusi, discursando na abertura do XII Congresso, que decorre na Escola Central desta formação política, na Matola, província de Maputo.

Nyusi explicou, a propósito, que o partido que dirige elegeu como temas de debate assuntos como a carestia de vida, o pacote de medidas de aceleração económica, o combate ao terrorismo, a par de outros assuntos impactantes na vida do moçambicanos.
No plano partidário, disse que o partido é desafiado a rejuvenescer-se e assegurar a sua sustentabilidade.

Nyusi avançou também que a Frelimo pretende “municiar-se” para fazer frente aos próximos eventos eleitorais, onde pretende reeditar as suas vitórias.
A unidade nacional e a descentralização figuram no pacote dos assuntos em discussão no congresso dos “camaradas”.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.