Frelimo convidada MDM a abandonar gestão do Município da Beira

 

A bancada da Frelimo na Assembleia Municipal da Beira (AMB) acusa a edilidade de Daviz Simango de inoperância e aponta, como exemplo, a dificuldade de recolha de lixo na urbe.

Na primeira sessão da Assembleia Municipal da Beira, havida na sexta-feira, a Frelimo apelou à bancada maioritária do MDM a abandonar a gestão daquele município.

“A bancada do partido Frelimo apela à edilidade a abandonar a gestão do município da Beira e admitir a fragilidade da sua má gestão”, disse Carlos Lino, da bancada minoritária da Frelimo. Para esta bancada, o MDM está a transformar Beira em pior cidade. “A Frelimo volta a insistir, para o bem dos munícipes, que é preciso abandonar o cartão-de-visita da urbe, caracterizado por lixo, águas paradas, crateras, mendicidade, entre outros males”, advertiu Lino.

Reagindo às questões levantadas pela Frelimo, o MDM reconheceu alguns dos problemas apontados na sessão ordinária e diz que já estão a ser tomadas medidas para minimizar o problema. “É verdade que tem havido acumulação de lixo no chão, que até, por vezes, ocupa a estrada. A situação deve-se às obras que decorrem em alguns pontos e, por causa dos trabalhos em curso, tivemos que remover alguns contentores. O lixo é preocupação para nós”, disse José Manuel, vereador do Saneamento do Meio.

Há 15 anos que Daviz Simango dirige os destinos daquela cidade, situada no centro do país.

Fonte: O Pais -Politica

Leave a Reply

Your email address will not be published.