O presidente da República, Filipe Nyusi, garante que as sobretaxas nas importações de produtos, como açucar, vão continuar como forma de incentivar o consumo dos produtos locais. Falando na Conferência Nacional sobre Diálogo Social e Negociação Colectiva, o Chefe de Estado disse que Moçambique está a implementar várias medidas para estabilizar a inflação da moeda.

“Moçambique está a implementar a política de emprego, e o respectivo plano de acção 2021-2024. Com o envolvimento dos sectores públicos e privados foram gerados mais de um milhão de empregos entre permantes, temporários e sazonais”.

Explicou ainda que durante o período da Covid-19, o Governo teve de adoptar várias medidas de emergência, que se reflectiram na economia.

“O contexto económico condiciona a inflação e a volatilidade das actividades das empresas face a diversos sectores intrínsecos à nossa economia. Esta tendência induz as duas dimensões críticas aos trabalhadores, nomeadamente, a alta geral de preços e a capacidade das empresas cubrirem custos de remunerações em condições adversas do mercado”.

Nesse sentido, segundo explicou, “O governo preza a situação dos trabalhadores moçambicanos, que são a principal fonte de criação de valor. Todas as medidas tomadas durante a crise inflacionária, em 2020, foram no sentido de estabilizar a conjuntura, algumas delas com um efeito penoso, mas foram para instacar a inflação. Tinhamos que estabilizar a nossa moeda”.

As medidas adoptadas para estabilizar a moeda, de acordo com o Filipe Nyusi, tiveram resultados satisfatórios. “Como consequência destas medidas, estamos numa tendência decrescente dos preços e da taxa de juros, com impacto na procura dos dois canais, o de consumo e investimento”, disse Filipe Nyusi, acrescentando que “É assim que apostamos no crescimento da produção interna, investindo em infra-estruturas diversas, melhorando o ambiente de negócio, e atraindo mais investimento produtivo gerador de emprego, tal como se evidencia pelo aumento de 40% das intenções de investimento, entre 2022 e 2023, numa cifra de 2.2 mil milhões de dólares norte-americano”.

O Chefe de Estado considera ainda que as estatísticas sobre a produção indicam um crescimento na ordem de 5.1% do PIB, em 2023, e estima-se um crescimento de 5.4%, para este ano. Este crescimento vai resultar na empregabilidade, e várias medidas para aliviar o custo de vida, manter o emprego e manter o poder de compra”.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *