MAPUTO- Em conferência de imprensa realizada na manhã deste sábado o vice-presidente dos locomotivas da Beira, afirma que a CAF enviou um documento no dia 11 de Abril para a FMF a notificar ao Ferroviário da Beira sobre vários aspectos, mas a FMF só enviou esse documento para a equipa da Beira apenas no dia 3 de Maio.

Eugénio Caetano diz ainda que a FMF recebeu os documentos da CAF com muita antecedência mas fê-lo chegar ao clube tardiamente de forma propositada e adianta que o organismo que dirige o futebol Moçambicano não soube assessorar o clube em vários aspectos.

“Nos sentimos abandonados pela FMF neste processo, veja que o documento que ficou muito tempo nas gavetas da FMF traz várias orientações e como resultado disso o Ferroviário da Beira não vai jogar no seu campo assim como está proibido de jogar com camisolas timbradas dos seus patrocinadores” disse Eugénio Caetano.

O Ferroviário da Beira diz ainda que a sua 2ª opção para a realização dos jogos da fase de grupos na Liga dos Campeões foi o Estádio da Machava e não Zimpeto e estranha a atitude dos membros da FMF.

“Mesmo a data do jogo da 2ª jornada não foi nossa mas sim uma imposição da FMF, nós havíamos solicitado o jogo para dia 24 de Maio uma 4ª feira, mas não sabemos os porquê o jogo foi agendado para dia 23 do mesmo mês uma 3ª feira, tudo isto sabemos que a FMF influenciou junto a CAF para este tipo de situações” acrescentou a fonte.

Sobre o seu campo Eugénio Caetano, disse que o clube enviou um expediente para a FMF para este solicitar a vistoria do seu campo no próximo dia 10 de Maio, mas tudo foi ignorado visando prejudicar os objectivos do clube.

A fonte diz que o estranho é que o campo do Ferroviário da Beira nem chegou a ser inspeccionado e ninguém se dirigiu ao clube para ver a quanto andam as recomendações deixadas pela CAF no que tange ao melhoramento de alguns aspectos.

Face a estes constrangimentos segundo Caetano a sua direcção pondera se vai ou não jogar em Maputo, estando neste momento a espera duma explicação plausível da FMF.

Recorda-se que ontem o secretário-geral da FMF convocou uma conferencia de imprensa para anunciar que o jogo da 2ª jornada entre o Ferroviário da Beira e El Hilal do Sudão teria lugar no Estádio Nacional de Zimpeto porque o campo do Ferroviário da Beira ainda não reunião condições para a colher jogos da fase de grupos.

Noticia que ate ao momento não agradou não só aos locomotivas da Beira bem como a sua massa associativa.

http://www.folhademaputo.co.mz//pt/noticias/desporto/ferroviario-da-beira-acusa-federacao-de-ma-fe/

Leave a Reply

Your email address will not be published.