Estado Islâmico reivindica ataques em Cabo Delgado

Os ataques que ocorreram na segunda-feira na vila de Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, a 60 km da zona onde decorrem projectos de exploração de gás já têm autores.

Trata-se do grupo terrorista Estado Islâmico que se servindo da sua agência de notícias Amaq, citada pela agência britânica de notícias Reuters, disse esta quarta-feira que os seus militantes atacaram cinco quartéis do exército e da polícia naquela cidade.

Segundo este grupo, os ataques resultaram na morte e ferimento de dezenas de polícias e soldados moçambicanos e houve retenção do equipamento militar.

Tanto o Estado Islâmico como as autoridades moçambicanas ainda não especificaram o número de vítimas mortais ou feridos.

Há mais de três anos que Cabo Delgado vive ataques terroristas, tendo já morrido centenas de pessoas naquela província.

 

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.