A Universidade Johns Hopkins está a recrutar um Especialista em Mudança Social e Comportamental/de Género, para Maputo, em Moçambique.

Descrição
  • Fighting Malaria with Social and Behavior Change (FMSBC) (Combater a Malária com Mudança
    Social e Comportamental) é um acordo de cooperação de cinco anos financiado pela Agência
    dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e terá como parceiro de
    implementação o Centro de programas de comunicacação da Universidade Johns Hopkins
    (JHUCCP). A JHUCCP através do FMSBC visa contrinuir para aumentar os comportamentos de
    prevenção e tratamento da malária através da mudança social e comportamental (MSC) e da
    capacitação nas províncias de Cabo Delgado, Manica, Nampula, e Zambézia.
    Subordinando-se ao Director Técnico, o Especialista em Mudança Social e Comportamental/de
    Género apoiará na concepção, implementação, e monitoria das actividades do FMSBC,
    garantindo que as actividades sejam orientadas para uma abordagem transformadora do
    género. As actividades do FMSBC relacionadas com o reforço da capacidade e dos sistemas a
    todos os níveis. Trabalharão de perto com o pessoal do FMSBC e parceiros de implantação para
    garantir resultados bem-sucedidos
Funções
  • Apoiar o trabalho técnico no país de forma independente, incluindo a elaboração de
    estratégias, materiais de comunicação multimédia, avaliações de necessidades,
    planeamento de programas e documentos informativos
  • Apoiar a concepção, planeamento, implementação e monitoria do programa e
    actividades de mudança social e de comportamento
  • Ajudar no desenvolvimento de actividades, materiais e ferramentas, revisão e testes-
    piloto
  • Estabelecer e manter relações de trabalho eficazes com o Governo de Moçambique e
    outros parceiros de implementação
  • Supervisionar as viagens para assegurar a qualidade a nível provincial
  • Desenvolver programas de formação e formar pessoal na MSC e género, em
    colaboração com a equipa de capacitação
  • Garantir a integração clara e consistente de análises de género nos planos de trabalho e
    actividades, garantindo que as actividades sejam de género com o objectivo de serem
    transformadoras
  • Garantir que as considerações sobre deficiência sejam incluídas nos planos de trabalho
    e nas actividades
  • Assegurar a pontualidade e alta integridade da implementação da actividade de acordo
    com o plano de trabalho
  • Monitorar e assegurar que as actividades de MSC e quaisquer desafios sejam
    documentados e reportados regularmente
  • Gerar resumos para a imprensa, relatórios, histórias de sucesso, e outra documentação
    do programa
  • Cumprir com os processos e regulamentos da USAID, Universidade John Hopkins e
    FMSBC
  • Ficar a par das actualizações técnicas sobre a malária
  • Trabalhar em estreita colaboração com o pessoal financeiro e administrativo para
    assegurar despesas atempadas e conformes
  • Trabalhar de perto com o pessoal de investigação para rever rotineiramente os dados
    de desempenho do programa e iniciar adaptações à gestão e implementação do
    programa
  • Manter uma comunicação frequente, aberta e contínua com os membros da equipa do
    programa em todos os locais (país e escritórios da sede)
  • Garantir que o projecto esteja a trabalhar para uma abordagem transformadora do
    género no desenvolvimento de capacidades
  • Realizar visitas de campo para garantir a qualidade, fiabilidade e consistência dos dados
    e um fluxo contínuo do campo para o escritório central e a sede em Baltimore
  • Apoiar a elaboração de relatórios trimestrais e anuais
  • Realizar outras tarefas programáticas atribuídas pelo Director Técnico
Requisitos
  • Flexibilidade para viajar por Moçambique, conforme necessário para o projecto
  • Boa capacidade de resolução de problemas e de pensamento independente
  • A licenciatura em saúde pública, ciências sociais, ou qualquer outra ciência numérica. O
    mestrado em saúde pública, ciências sociais, ou outra disciplina relevante será uma
    vantagem
  • Experiência de trabalho em Moçambique ou em contextos semelhantes
  • Proficiência na utilização de Microsoft Office (Word, Excel, e PowerPoint), bases de
    dados electrónicas (Epi info, etc.) e um pacote de software estatístico (Stata/SPSS/SAS)
  • No mínimo três anos de experiência em MSC e programas de género
  • Requisitos linguísticos:
  • Fluência na língua portuguesa (oral e escrita)
  • Fluência na língua inglesa (oral e escrito)
  • A fluência (oral) em qualquer língua local de Moçambique falada em Cabo Delgado,
    Manica, Nampula, ou Zambézia é uma vantagem
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Indique a fonte desta vaga na sua candidatura: emprego.co.mz
  • Os candidatos interessados devem enviar uma carta de apresentação e um CV descrevendo as
    experiências e os contactos relevantes das três referências profissionais
  • Em caso de dúvidas ou esclarecimentos sobre a candidatura por favor entre em contacto através do
    seguinte endereço electrónico: Ltimene1@jhu.edu
Como se Candidatar
1. Documentação
  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
2. Candidatura

Detalhes

Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo

 

Fonte:Emprego

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *