MAPUTO- Com o apoio do programa Sustenta, as mulheres da Associação Ahikhomeni Vavasati incrementaram a produção e plantaram arroz em 71 hectares, mas, neste momento, estão preocupadas por não saber o que vão fazer com tanto arroz, segundo escreve o jornal O País.São 320 toneladas que esta associação deverá colher na presente época, das 31 já foram ceifadas, sendo que, em cada hectare, são colhidas 4,5 toneladas de arroz. Estas são quantidades que, diga-se, nunca antes tinham sido registadas por esta agremiação.De acordo com o jornal O País, a felicidade de ter uma produção de sucesso é freada pela tristeza de não saber o que fazer depois para que a produção seja transformada em ganhos e sustentabilidade. Neste momento, não há mercado, nem espaço para armazenar.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.