Covid-19: OMS avisa que "o pior da pandemia ainda está por vir"

O director-geral da Organização Mundial da Saúde afirmou, esta segunda-feira, que "o pior ainda está por vir" em relação à covid-19, apontando a politização da pandemia como um factor de divisão aproveitado por um vírus "rápido e assassino".

No dia em que se assinalam seis meses desde que a OMS recebeu os primeiros relatos sobre casos de pneumonia inexplicados na China, Tedros Ghebreyesus afirmou que "a realidade é que isto ainda está longe de acabar".
"Globalmente, a pandemia está a acelerar", ultrapassadas as barreiras de 10 milhões de casos e 500 mil mortos, indicou.
Tratando-se de um vírus "rápido e assassino", é preciso "evitar as divisões" porque "quaisquer diferenças podem ser exploradas" pelo novo coronavírus, que surgiu em Wuhan, na China, onde a OMS vai enviar "na próxima semana" uma equipa para "compreender como começou e o que se pode fazer no futuro" para o mundo se preparar para lidar com ele.
"Com 10 milhões de casos e meio milhão de mortos, a não ser que resolvamos os problemas que identificámos, como OMS, de falta de unidade nacional e solidariedade global e de um mundo dividido que está a ajudar o vírus a espalhar-se, o pior ainda está por vir. Lamento dizer isto, mas com este tipo de ambiente e condições, tememos o pior. Temos de nos concertar e combater este perigoso vírus", defendeu.
"A nossa mensagem continua a ser a mesma, não se trata de um país, dois países ou três países", salientou Ghebreyesus.
O director executivo do programa de emergências sanitárias da OMS, Michael Ryan, afirmou que "é fácil criticar qualquer indivíduo ou país e não há nenhum país ou organização que esteja imune a críticas ou defeitos ou dificuldades na resposta" à pandemia.
"Não podemos continuar a permitir que o combate a este vírus se torne um combate ideológico. Não conseguimos vencê-lo com ideologia. Cada pessoa, cada político, precisa de se olhar ao espelho e pensar se está a fazer o suficiente para travar este vírus", defendeu.
"Quando dizemos que é preciso evitar a politização do vírus, isso vai nos dois sentidos. Como indivíduos ou como sociedades, podemos ter de apoiar e encorajar um governo que não escolhemos e do qual não gostamos. Esse é a dificuldade e o desafio da unidade nacional contra um inimigo comum e nós não temos tempo para perder", afirmou.
A principal responsável técnica da OMS no combate à covid-19, Maria Van Kerkhove, frisou que o caminho é estar "do lado da ciência".
"Estamos a aprender com este vírus. Sabemos o que resulta. Não estamos a dizer que é fácil. Não estamos a dizer que não vai levar mais tempo e que vai ser difícil para cada um, para as famílias, para as comunidades e para as nações", afirmou a norte-americana.
Depois de seis meses, a OMS reitera hoje a receita para conseguir conter a transmissão, o que passa por ter as pessoas informadas do papel que assumem, quer transmitindo-lhes que "não estão indefesas" quer o facto de serem também responsáveis pelo que acontece às pessoas com quem estão em contacto, salientou Tedros Ghebreyesus.
Suprimir a transmissão comunitária com medidas de distanciamento e higiene, salvar vidas dos mais vulneráveis tratando todos os casos, acelerar a investigação de vacinas e tratamentos e atingir um patamar de "liderança política e moral" são as outras prioridades apontadas pela OMS.
A pandemia de covid-19 já provocou mais de 501 mil mortos e infectou mais de 10,16 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP (RM /NMinuto)

Covid-19: WHO warns that ′′ the worst of the pandemic is yet to come ′′

The Director-General of the World Health Organization said, this Monday, that ′′ the worst is yet to come ′′ in relation to covid-19, pointing out the politicization of the pandemic as a factor of division enjoyed by a virus ′′ fast ′′ and killer ".

On the day six months since the WHO received the first reports of unexplained pneumonia cases in China, Tedros Ghebreyesus stated that ′′ the reality is that this is still far from over ".
′′ Globally, the pandemic is accelerating ", overcoming the barriers of 10 million cases and 500 thousand dead, he indicated.
As it is a virus ′′ fast and killer ", we must ′′ avoid divisions ′′ because ′′ any differences can be exploited ′′ by the new coronavirus, which emerged in Wuhan, China, where the WHO will send ′′ next week ′′ a team to ′′ understand how it started and what can be done in the future ′′ for the world to prepare to deal with it.
′′ With 10 million cases and half a million dead, unless we solve the problems we identified, as WHO, of a lack of national unity and global solidarity and a divided world that is helping the virus spread the worst is yet to come. Sorry to say this, but with this kind of environment and conditions, we fear the worst. We need to fix ourselves and fight this dangerous virus ", defended.
′′ Our message is still the same, it is not a country, two countries or three countries ", Ghebreyesus highlighted.
WHO Health Emergency Program Executive Director Michael Ryan said that ′′ it is easy to criticize any individual or country and there is no country or organization that is immune from criticism or defects or difficulties in response to the pandemic.
′′ We cannot continue to allow the fight against this virus to become an ideological fight. We can't beat him with ideology. Every person, every politician, needs to look in the mirror and think if they are doing enough to stop this virus ", defended.
′′ When we say that we need to avoid politicization of the virus, it goes both ways. As individuals or societies, we may need to support and encourage a government we don't choose and don't like. That's the difficulty and challenge of national unity against a common enemy and we don't have time to waste ", he said.
The WHO's main technical expert in the fight against covid-19, Maria Van Kerkhove, stressed that the path is to be ′′ on the side of science ".
′′ We are learning from this virus. We know what works. We are not saying it is easy. We're not saying that it won't take longer and that it will be difficult for each one, families, communities and nations ", American said.
After six months, the WHO reiterates today the recipe to contain the transmission, which means having people informed of the role they assume, either by transmitting to them that they are ′′ not defenseless ′′ or by also being responsible for what happens to the people they are in contact with, highlighted Tedros Ghebreyesus.
Suppressing Community transmission with remote and hygiene measures, saving lives of the most vulnerable by treating all cases, accelerating research into vaccines and treatments and reaching a level of ′′ political and moral leadership ′′ are the other priorities highlighted by WHO.
The covid-19 pandemic has already caused more than 501 thousand deaths and infected more than 10,16 million people in 196 countries and territories, according to a balance sheet made by the French agency AFP (RM / NMinuto)




Rádio Moçambique Facebook

46 thoughts on “Covid-19: OMS avisa que "o pior da pandemia ainda está por vir" O dir…”
  1. Nao quero ser pessimista mais Algo nao ta bom,como querem reabrir as escolas enquanto o pior esta por Vir?Sera que um ano vale mais do que a Vida?

  2. Esse juro se eu pudesse lhe ver ao vivo ia lhe txopar com minha ndioca,pora o gajo gosta de nos por em panico,quem é você para viver nos metendo susto,se o pior vier terá sido a vontade de Deus, deixemos a evolução dos factos rolar e prontos.

  3. OMS já temos muitas coisas piores por vir. Mas OMS só serve para criar-nos mais pânico no mundo? Qual é o vosso papel mesmo para além de não fazerem nada?

  4. Começaram a falar há muito tempo, essas palavras já não nos assustam. Weiss Mocalacha, Fernando Matore Matore

  5. Só depois de seis meses, com tantas mortes, e o rápido raio de propagação do covid 19 é que pensam em mandar uma equipa para “compreender como começou”?? Estes realmente não estão preocupados em erradicar esta pandemia! Contem bem essa história! Qual é o propósito de tanta morosidade em buscar soluções breves??

  6. No lugar de trazer uma mensagem de esperança e solução ao pandemia a OMS sistematicamente vem semeando medo. Tudo indica que seu desejo e mesmo vir o pior que nunca vêm

  7. Ainda esta por vir.?
    Mas há probabilidade de se voltar a escola 😭😭😭😭😭 e não a igreja aonde buscamos a força 🙏

  8. OMS é uma organização de negócio
    Eles não conseguiram controlar pandemia em china mas nos países pobres se fazem de pessoas!
    Para mim esses não servem para nada,por essa razão países como Tanzânia e EUA mandaram fumar!
    Os lambibotas estão aii gunhir

  9. Essa OMS está numa luta desenfreada para a sua descredibilização. Não quer que a gente creia nela, nem tão pouco. Acho dentro de instantes poderá pagar subsídio a quem vier a público dizer que ela não presta.

  10. Agora me Fala Sr. Quais Foram As Razões Que Levaram ão Excelentíssimo Presidente da república. A dar por reabertura das Aulas ? Visto Que o Pior Esta Por Vir?
    Sera Tem Noção das Condições das Escolas Publicas Nacionais?
    Ou é um Navio para os Chefes Q possuem seus Centros de Ensino.

  11. Já estamos cansado desse director geral da OMS. Prefiro estar do lado do Trump e do Bolsonaro. Estamos fartos dessas informações que só querem paralisar a África.

  12. Esses senhores fazem com tem o mundo, nós já sabemos k vocês ganham dessa maneira asustdora

  13. Moçambique ainda forma médicos e técnicos. Mas nada fazem para produzirem algo nos laboratórios.

    É confortável aos preguiçosos Esperarem ser feitas coisas para eles só usarem.

  14. Alguém arranja um espaço pra esse gajo abrir uma loja ou take awey vender comida e parar de nos aterrorizar

  15. Mais porque é que a OMS só vai procurar o que aconteceu a partir da próxima??? Porque tanto desleixo por parte dessa organização??? Já estamos lúcidos sobre as vossas políticas sobre o controle da população mundial ou “Africana”… Tsk

  16. Isso é triste pronunciamento da OMS na voz do seu presidente,só neste momento é que pensou em enviar uma equipe para produzir relatório desde Dezembro,e o nosso Governo recebeu com satisfação essa mensagem ou “vamos retomar as aulas só .”

  17. Isso quer dizer que eles querem se fazer em deus,nos não vamos perder o caminho certo que é deus.ele é único mas nada.

  18. Nesse ponto;onde a OMS vai enviar” na proxima semana” uma equipa para compreender como começou e o que se pode fazer no futuro”. Isso quer dizer vcs OMS desdo inicio nao a mostraram interesse e ne preocupação porque isso não é de hoje. Pare de nos enganar pa

  19. Primeiro parabenizam o Governo pela decisão da retoma gradual das aulas e depois semeiam terror nas pessoas com essa história de que o pior está ainda por vir, se o pior ainda não aconteceu não seria esse o momento certo pra aconselhar o governo a não reabrir as escolas agora, esses para mim não são de nada nem estão a procurar soluções de acabar com esse vírus só estão a angariar dinheiro dos países contribuentes na sua organização e meia volta piorar a actual situação das pessoas com esses avisos que nem são bem vindos, vou começar a dar razão Trump por mandar passear essa gente com a organização deles. 😔😤😤😤😤😤😤😤😤

  20. O covid-19 poderá ser o alicerce para a ordem mundial. Sempre que o Director Geral da OMS fala sobre este mal, inevitavelmente fala de união para acabarmos com o problema. A divisão enfraquece todos os esforços. Tarde ou cedo, o covid-19 será pretexto ordem mundial.

Leave a Reply

Your email address will not be published.