O Governo dos Estados Unidos da América (EUA) vai doar 2,016,000 doses únicas de vacina contra a COVID-19 da Johnson & Johnson a Moçambique, através da iniciativa COVAX. As vacinas serão recebidas, nesta segunda-feira, em Maputo, pelo ministro da Saúde, Armindo Tiago. Esta é a  maior doação de vacinas da J&J para o país.

De acordo com um comunicado do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), as 2,016,000 doses da Johnson & Johnson fazem parte de 7,105,420 recebidas de um total de 12,481,420 já obtidas pelo Governo, com o apoio de vários parceiros em Moçambique, ao abrigo da iniciativa COVAX.

O Governo dos Estados Unidos comprometeu-se a doar quatro mil milhões de dólares à Iniciativa COVAX, tornando-se o maior doador para o esforço global de vacinação de pessoas em todo o mundo.

Desde o início da pandemia, a Organização das Nações Unidas em Moçambique tem trabalhado com as autoridades nacionais, empresas e a sociedade civil para identificar e atender as necessidades da população na resposta à crise sanitária e aos seus efeitos socioeconómicos.

Segundo o UNICEF, até que a maioria da população esteja completamente vacinada, será fundamental manter todas as medidas preventivas de resposta à pandemia.

“Para as autoridades de saúde pública, isso significa fazer, de forma sistemática e massivamente, testes de diagnóstico, rastreamento de contactos, isolamento, quarentena assistida e atendimento de qualidade”, diz a instituição.

Já para os indivíduos, segundo a nota, significa evitar aglomerações, continuar com o distanciamento físico, higienizar as mãos regularmente com sabão ou álcool gel a 70%, usar máscaras e manter os ambientes bem ventilados.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.