TROCAR as estâncias turísticas por campos de cultivo de hortícolas foi a saída encontrada por alguns operadores turísticos associados na Ponta do Ouro, distrito de Matutuíne, província de Maputo, face ao fechamento forçado pela pandemia da Covid-19. Tratou-se de uma decisão que não é por si solução do problema, mas um paliativo para evitar o pior, que é ver famílias privadas do mais básico: a alimentação, tudo porque do turismo já não vinha o salário. Leia mais

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.