O seleccionador nacional de futebol, Chiquinho Conde, divulga, esta sexta-feira, a lista final dos jogadores convocados para os embates dos Mambas diante do Ruanda, a 2 de Junho, e Benim, a 8 de Junho, inseridos na 1ª e 2ª jornadas do grupo “L” de qualificação ao CAN Costa do Marfim- 2023.

Conde deverá, na conferência de imprensa agendada para a sede da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), anunciar, praticamente, um leque de jogadores maioritariamente a evoluir no estrangeiro para estas duas importantes frentes na luta pelo acesso ao Campeonato Africano das Nações.

Assim sendo, o seleccionador nacional vai, certamente, confirmar um grupo composto por  Zainadine Jr. e Clésio (Marítimo), Geny Catamo (Vitória de Guimarães), Witi (Nacional), Gildo (Amora), Mexer (Bordéus), Dominguez (Royal), Kambala (Baroka), Bruno Langa (Chaves) e Ratifo (CfR Pforzheim da Alemanha), sendo que este último se integrou, terça-feira, nos trabalhos dos Mambas.

O avançado marca, desta forma, o regresso aos Mambas depois de cerca de um ano ausente no espaço selecção nacional.

Witi, jogador do Nacional da Liga 2 de Portugal, chegou mesmo a ser uma das escolhas de Chiquinho Conde para os duelos com Mauritânia e Níger, referentes ao Torneio Internacional de Nouakchott, no quadro da Data-FIFA, mas o extremo esquerdo não conseguiu recuperar-se da lesão que o tem mantido afastado dos jogos dos nacionalistas há pouco mais de um mês.

Luís Miquissone, jogador do Al Ahly do Egipto, é uma baixa confirmada, uma vez que vai ficar afastado dos relvados por um período de seis meses devido à lesão sofrida nas vésperas do jogo da 2ª mão das meias-finais da Liga dos Campeões Africanos diante do ES Sétif da Argélia.

Os Mambas vão bater-se com o Ruanda, no FNB Stadium (Soccer City), devido ao facto de o Estádio Nacional do Zimpeto (ENZ) ter sido banido pela Confederação Africana de Futebol para acolher jogos internacionais. A delegação moçambicana parte, domingo, para Joanesburgo já com todos os atletas integrados no grupo.

 

JOSÉ LUÍS NOMEADO PELA CAF

Depois da eleição do presidente da FMF, Feizal Sidat, para a Direcção Executiva da COSAFA e a sua nomeação pela CAF para a Comissão Organizadora do CHAN Argélia 2023, o presidente da CAF, Patrice Motsepe, voltou a depositar confiança em mais um moçambicano, escreve o sítio da Federação Moçambicana de Futebol.

Trata-se de José Luís Souza da Direcção da FMF, nomeado para membro do Comité Permanente para o Desenvolvimento do Futsal e Futebol de Praia, de acordo com os estatutos da CAF, para os próximos dois anos.

O membro ora nomeado foi chefe da delegação moçambicana de futebol de praia desde a fase de qualificação até à fase final do CAN de Senegal 2021, competição na qual Moçambique se sagrou vice-campeão africano.

Numa nota enviada à FMF, citada pelo órgão que gere o futebol moçambicano, o dirigente máximo da CAF enfatizou a importância de todos os Comités Permanentes da CAF funcionarem plenamente e desempenharem as suas responsabilidades de acordo com as suas linhas estatutárias.

A mesma nota acrescenta que “nos termos do artigo 26 dos Estatutos da CAF, o secretário-geral deve elaborar a agenda e identificar a data das reuniões dos Comités Permanentes da CAF”, sendo que, nos próximos dias, este comité terá a sua agenda de trabalho definida, assim como as datas das respectivas reuniões.

Para já, sabe-se que um dos pontos de agenda será a organização do CAN de Futebol de Praia que vai decorrer de 21 a 31 de Outubro, em Vilankulo, província de Inhambane.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.