O projecto de mobilidade urbana baseado em carros eléctricos suspensos, designado FULTRAN, prometido pelo Conselho Municipal da Cidade de Maputo, vai ser concretizado no tempo previsto, palavras do próprio Edil da metrópole, Eneas Comiche.

As principais cidades do país debatem-se seriamente com falta de transporte, o que está a causar graves problemas de mobilidade de pessoas e bens. A cidade de Maputo, de forma particular, está a reinventar-se para trazer soluções a esta crise.

Entrou recentemente na terminologia do transporte urbano, na sociedade moçambicana, o projecto de um sistema de transporte com veículos suspensos, designado FUTRAN.

Primeiro anunciado pelo presidente do Conselho de Administração da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento, João Ruas. O referido anúncio suscitou debate em vários fóruns incluindo nas redes sociais, por conseguinte Eneas Comiche veio a público, esta quinta-feira, garantir que o projecto será concretizado.

“Nós não fizemos ainda nenhum lançamento, vocês tiveram conhecimento não sei por que vias, e começaram a divulgar, mas isso vai acontecer, vamos ter o projecto FUTRAN até finais de 2022 ou mais tardar princípios de 2023. Estaremos em condições de vos passar detalhes quando chegar o momento, portanto, é bom não nos adiantarmos antes de sabermos, efectivamente, quais serão os passos subsequentes”, disse.

Comiche mostrou-se optimista quanto a esta solução para os problemas que há muito assolam a capital do país.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.