A COMETAL, uma empresa de produção de equipamentos ferroviário, vai abrir as portas para a montagem e exportação de vagões, várias décadas após a paralisação da actividade.

A garantia foi dada esta sexta-feira (17), pelos gestores daquela unidade fabril ao governador da província de Maputo, Júlio Parruque, durante a visita efectuada às instalações da unidade industrial.
Parruque visitou a COMETAL, localizada na Machava-Sede, distrito da Matola, no âmbito do acompanhamento do processo produtivo e perspectivas para o aumento da produção e produtividade no contexto da Covid-19.
Citado em comunicado de imprensa emitido pelo seu gabinete, Parruque afirmou que a visita à empresa COMETAL enquadra-se na intenção de fazer com que a província de Maputo não perca a sua dimensão e vocação de maior parque industrial do país, revitalizando as grandes empresas.
Enalteceu a COMETAL e ao SIR MOTORS, pelo investimento de grande importância, reiterando que “o mais importante é que a empresa não caiu, ouve uma acção de investimento que garantiu com que voltasse a ter uma produção de qualidade.”
O governador apelou a empresa no sentido de a província de Maputo continuar cada vez mais produtiva, expondo assim a sua marca como Parque Industrial de Moçambique.
Na ocasião, Amade Camal agradeceu ao Governador pela visita, e explicou que “a prioridade da empresa é formar e capacitar quadros de qualidade, de modo a apresentar um produto de qualidade.”

Citado no comunicado, Camal explicou ainda que a empresa conta com 105 trabalhadores, e a sua vocação é a montagem de motorizadas, contentores e equipamentos agrícolas, vagões e venda de viaturas.

 

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.