A promessa foi feita no posto administrativo de Macorococho, distrito de Nhamatanda, em Sofala, onde residem centenas de antigos guerrilheiros da Renamo que fixaram residência naquela região depois da guerra dos 16 anos
·

Combatentes da Renamo terão pensões vitalícias a partir de Janeiro de 2022 – O País – A verdade como notícia



Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published.