Foram necessários 50 anos para que os Bucks revalidassem o título da NBA, tudo isso por culpa do grego Giannis Antetokounmpo, que alcançou 50 pontos na conta pessoal, 14 ressaltos e cinco ressaltos, pelo desempenho, mereceu o título de MVP das finais.Depois de um primeiro tempo arrasador da equipa da casa (29 a 16), os Suns devolveram a diferença e fizeram ainda melhor no segundo período, fechando a primeira metade do jogo com vantagem de 5 pontos: 47 a 42. Com os “coadjuvantes” das duas equipas em baixa, como Devin Booker e Khris Middleton, os astros Chris Paul e Giannis Antetokounmpo comandaram as ações.Apesar dos 20 pontos no terceiro quarto do “Greek Freak”, a equipa da Arizona conseguiu manter o equilíbrio no duelo, com Booker entrando mais na disputa, e as equipas trocavam pontos, terminando o tempo empatados em 77 pontos.No quarto derradeiro, o fim de jejum veio com Giannis mantendo o ritmo, enquanto Paul e Booker acumulavam erros pelo lado da franquia do Arizona.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.