A cidade de Maputo, a capital da República de Moçambique, continua a liderar as estatísticas, no que tange ao número de casos do novo coronavírus, assim como de vítimas mortais, causadas pela pandemia. Também possui o maior número de doentes de Covid-19 internados nas unidades sanitárias.

 

Esta terça-feira, as autoridades da saúde anunciaram a ocorrência de mais uma vítima mortal, subindo para 68, o total de pessoas que perderam a vida devido à Covid-19, na capital do país. A província de Nampula é a segunda com maior número de fatalidades, tendo registado, até ao momento, seis vítimas mortais, contra quatro registadas na província de Maputo. Ao todo, o país já contabiliza 89 vítimas mortais, causadas pela doença.

 

No que tange ao número de infecções, esta terça-feira foram anunciadas mais 112, sendo 29 na cidade de Maputo. No total, o país já conta com 12.273 casos positivos do novo coronavírus, sendo que 6.000 foram notificados na capital do país, sendo seguida apenas pelas províncias de Maputo (2.181) e Zambézia (800).

 

A capital do país é ainda responsável pelo maior número de pacientes internados nas unidades sanitárias, contando com 44 pacientes hospitalizados, dos 47 existentes em todo o país. Os restantes estão na província de Maputo.

 

Detendo quase a metade dos casos positivos registados, em todo o país, a cidade de Maputo é naturalmente a responsável pelo maior número de pessoas recuperadas, contabilizando 3.750 recuperados, seguindo-se também as províncias de Maputo e Zambézia com 1.801 e 784 recuperados, respectivamente. Em todo o país, refira-se, 9.282 pessoas (76.1%) já recuperaram da doença.

 

Sublinhar que, neste momento, 2.898 pessoas estão infectadas pelo novo coronavírus, em todo o país, das quais 2.042 estão na capital do país. (Marta Afonso)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.