Recorde-se que até 2015, cada casal podia ter apenas um filho, Contudo, com uma população envelhecida e maioritariamente masculina, o governo chinês alterou a regra e desde essa altura eram permitidos pelo menos dois filhos.Agora, a medida volta a sofrer um novo alívio, que surge depois de os censos da última década terem mostrado que a população da China cresceu ao ritmo mais lento em décadas.Estes dados aumentaram a pressão sobre Pequim para que permitisse que  os casais tenham mais bebés e, assim, evitar um declínio populacional.Os censos da China, divulgados no início deste mês, mostram que cerca de 12 milhões de bebés nasceram no ano passado, uma diminuição significativa em relação aos 18 milhões de 2016, e o menor número de nascimentos registados desde os anos 60, escreve a BBC

Fonte : Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.