O cenário do futebol africano está agitado com a recente revelação dos três finalistas para o prestigioso prémio de ‘Melhor Jogador do Ano’, uma distinção promovida pela Confederação Africana de Futebol.

Os protagonistas desta emocionante corrida são Mohamed Salah, Achraf Hakimi e Victor Osimhen, jogadores cujas performances ao longo do ano capturaram a atenção e admiração dos adeptos dos respetivos clubes e especialistas do desporto rei.

Mohamed Salah, avançado egípcio que é uma das grandes figuras do Liverpool e conhecido pela sua destreza inigualável no campo, encontra-se entre os nomeados.

Apesar de uma temporada menos positiva para o Liverpool, que ficou em quinto lugar na Liga Inglesa e foi eliminado nos oitavos de final da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, Salah continuou a brilhar individualmente. A sua notável 11.ª posição na recente Bola de Ouro atesta o seu impacto no panorama do futebol mundial.

Achraf Hakimi, defesa marroquino e campeão francês pelo Paris SG, é outro contendente ao título. A sua contribuição para a notável campanha de Marrocos na Copa do Mundo de 2022 não passou despercebida, com os ‘leões do Atlas’ a alcançarem as meias-finais e fazendo história como a primeira seleção africana a atingir tal feito.

Victor Osimhen, avançado nigeriano que se sagrou campeão italiano com o Nápoles, destaca-se na lista de nomeados.

O sucesso do jogador não se limita ao cenário doméstico, já que contribuiu para a caminhada impressionante do Nápoles até os quartos-de-final da Liga dos Campeões. O oitavo lugar na classificação da Bola de Ouro é um testemunho do seu impacto global.

A antecipação aumenta à medida que os adeptos aguardam ansiosamente para saber quem será coroado como o sucessor do atacante senegalês do Liverpool, Sadio Mané, o vencedor da última temporada.

O palco está montado para a revelação do Melhor Jogador Africano do Ano, marcada para o dia 11 de Dezembro, em Marraquexe, Marrocos.

Será uma noite de celebração e reconhecimento para aquele cujo talento e dedicação se destacaram no panorama do futebol africano. (RM)

Fonte:Rádio Moçambique Online

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *