O juiz Efigénio Baptista disse, esta noite, que o desejo do tribunal é terminar amanhã a leitura da sentença do caso das “Dívidas não declaradas”, que envolve 19 réus.
A sessão terminou cerca das 18:30 horas, com a leitura da responsabilização criminal do reú Renato Matusse, que se beneficiou de 1.668 mil dólares.
Matusse é responsabilizado nos crimes de branqueamento de capitais, peculato, tráfico de influência e corrupção para acto ilícito.
O escândalo financeiro provocou um défice financeiro de 2.2 mil milhões de dólares para o Estado moçambicano.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.