Um dos filhos é um recém-nascido que a mãe, a enfermeira Davy Macias, de 37 anos, deu à luz por cesariana enquanto já estava intubada. A mulher morreu a 26 de agosto sem ter conhecido a filha.O marido de Davy, o professor de matemática Daniel Macias, de 38 anos, estava em tratamento no mesmo hospital que a esposa. Ainda pôde ver as fotografias que as enfermeiras lhe mostraram da filha antes de morrer no passado dia 9 de setembro.A família inteira ficou infetada em agosto, segundo o Washington Post, e enquanto os filhos recuperaram rapidamente, os sintomas de Davy agravaram-se e precisou de ser internada quando estava grávida de sete meses. Menos de uma semana depois, o marido deu entrada na mesma unidade hospitalar.A avó, uma educadora de infância recém-aposentada, Terry Macias, vai ser quem vai ficar com os netos a cargo – três meninas e dois meninos, com idades entre recém-nascido e oito anos. A bebé ainda não tem nome, pois os pais queriam esperar para escolher, pois achavam que iam resistir à doença. A família chama-lhe apenas Baby Girl, por enquanto.Terry acredita que o filho e a nora provavelmente contraíram o novo coronavírus durante uma viagem a um parque aquático coberto, numa excursão familiar antes do início das aulas, disse à CNN.Segundo a mulher, o casal não era contra a vacina, queriam apenas saber mais sobre a sua segurança antes de a tomarem, tendo passado a pandemia toda a ser muito cautelosos para afastar a doença.A súbita perda de Davy e Daniel abalou a família e as crianças, que a avó crê ainda não terem aceitado totalmente a morte dos pais.

Fonte : Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.