Segundo o jornal Notícias, citando a BBC, a juíza do caso considerou que se tratava de um crime de terrorismo “nacionalista branco”.O caso provém de 2021, quando o agora condenado, identificado como Nathaniel Veltman, atropelou a família. Salman Afzaal, de 46 anos, a mulher Madiha Salman, de 44 anos, a mãe Talt Afzaal, de 74 anos, e a filha Yumna Afzaal morreram no atropelamento e o filho do casal, de apenas nove anos, ficou gravemente ferido.O homem foi condenado por quatro crimes de homicídio e um crime de tentativa de homicídio e só poderá pedir liberdade condicional cumpridos 25 anos de prisão efectiva.

Fonte : Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *