O Estádio Nacional do Zimpeto está aprovado para acolher os jogos internacionais e a Confederação Africano de Futebol agendou o embate entre Moçambique e Zâmbia, de qualificação ao CHAN 2023, para o maior palco desportivo do país. Esta aprovação vai permitir que a Black Bulls e o Ferroviário da Beira acolham os seus jogos no Estádio Nacional do Zimpeto.

A espera e a ansiedade terminaram. Os Mambas vão receber a Zâmbia, a 24 de Julho corrente, no Estádio Nacional do Zimpeto, após a Confederação Africana de Futebol ter aprovado o recinto desportivo.

Aliás, a inspecção feita semana passada pelo gestor sul-africano que veio a Maputo terá agradado ao organismo que gere o futebol africano, que não demorou a dar o “sim” à infra-estrutura para jogos internacionais, ainda que tenham deixado algumas recomendações de melhoramento.

O organismo máximo do futebol africano tomou a decisão este domingo e, através de um comunicado, anunciou o regresso de jogos internacionais na capital do país, quase 10 meses após a interdição, ou seja, desde Setembro de 2021.

Esta interdição obrigou os Mambas a receberem os seus adversários noutros países, casos de Marrocos e África do Sul, onde defrontou o Malawi e o Ruanda, respectivamente.

A aprovação do Estádio Nacional do Zimpeto premeia o trabalho realizado pelo Fundo de Promoção Desportiva nos últimos nove meses, depois das mexidas profundas feitas, com destaque para a mudança do relvado natural, para substituir o que já estava gasto e degradado, a colocação de torniquetes para controlar o acesso electrónico de espectadores, retoques nos balneários, sanitários públicos e melhoramento da iluminação artificial.

Estes melhoramentos, avaliados em cerca de 60 milhões de Meticais, foram feitos com fundos da Secretaria de Estado do Desporto.

Depois desta aprovação, o Estádio Nacional do Zimpeto está pronto para acolher jogos internacionais, a começar já a 24 deste mês, diante da Zâmbia, de qualificação ao CHAN 2023, prova que é disputada por jogadores que actuam internamente.

A CAF agendou o jogo para as 15h00 do dia 24 de Julho e terá a arbitragem de um quarteto das Ilhas Comores, chefiada por Mohamed Athoumani, tendo como auxiliares Said Omar Chebli e Mohamed Ibrahim. O quarto árbitro é Abdou Mmadi Mohamed e o comissário do jogo é o malawiano Patrick John Kapanga.  O moçambicano Artur Machava foi destacado como oficial para COVID-19.

O jogo da segunda mão desta eliminatória dar-se-á entre os dias 28 e 29 de Julho, na Zâmbia.

Em caso de apuramento à segunda eliminatória, os Mambas vão receber o seu adversário, a sair do embate entre Zimbabwe e Malawi, no Estádio Nacional do Zimpeto.

Recorde-se que a última vez em que os Mambas disputaram o CHAN foi em 2014, na vizinha África do Sul, onde a equipa não conseguiu passar da fase de grupos.

O CHAN 2023, prova destinada a jogadores que actuam em campeonatos locais, terá lugar na Argélia, de 13 de Janeiro a 4 de Fevereiro de 2023.

 

ENZ TAMBÉM PARA JOGOS DOS CLUBES

A aprovação do Estádio Nacional do Zimpeto não vai beneficiar apenas a selecção nacional de futebol, os Mambas, mas também aos representantes nacionais nas afrotaças, nomeadamente, a Associação Black Bulls e o Ferroviário da Beira.

As duas colectividades entregaram, nos seus processos de licenciamento a nível da CAF, o Estádio Nacional do Zimpeto para os seus jogos, uma vez que as suas infra-estruturas não têm condições para jogos internacionais.

A Black Bulls, que tem como palco o Complexo Desportivo de Tchumene, realiza os seus jogos no segundo campo daquele recinto, uma vez que o campo principal ainda não está concluído nem foi à inspecção.

Já o Ferroviário da Beira, que recebe os seus adversários do Moçambola no Caldeirão do Chiveve, ainda não terminou a reabilitação do seu campo, depois de ter sido devastado pelo ciclone Idai, em 2020.

Os “touros”, campeões nacionais, vão representar o país na Liga dos Campeões, enquanto os “locomotivas” de Chiveve, vice-campeões nacionais, estarão nas eliminatórias da Taça da Confederação, também conhecida como Taça CAF ou Taça Nelson Mandela.

Os jogos das afrotaças iniciam-se em Setembro próximo, com a disputa da primeira eliminatória das duas provas africanas de clubes.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.