A australiana Syrah Resources, que explora grafite em Cabo Delgado, anunciou ontem a suspensão das operações devido a uma “greve ilegal” organizada por um “pequeno grupo de empregados e colaboradores locais”.

Num comunicado enviado à bolsa de Sydney, a Syrah Resources disse ter decidido, “por precaução face à segurança dos funcionários”, suspender as operações e retirar o pessoal da mina de Balama em 20 de Setembro.

A empresa australiana sublinhou que está a trabalhar com representantes de sindicatos e do Governo  para iniciar negociações com os grevistas, que disse terem “impedido o acesso ao local” da mina.

A Syrah Resources disse ainda estar a preparar, “após uma avaliação da situação de segurança”, o regresso dos funcionários e o recomeço da exploração em Balama “assim que possível”, segundo escreve a Lusa.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.