Mudzingadzi

MAPUTO- Trata-se de Anísia José, 23 anos de idade, que lançou o seu filho, alegando que carecia de condições financeiras para o sustentar.Em declarações à imprensa, na 1ª Esquadra de Chimoio, onde se encontra detida, Anísia alega que decidiu matar seu filho porque o namorado não queria assumir nenhuma despesa desde o início da gravidez. “Meu namorado nunca quis-me ajudar. Cuidei da gravidez sozinha até dar à luz. Porque estava difícil, não sabia por onde começar para sustentar a criança. Por isso, achei melhor matar, introduzindo-a numa latrina. O parto aconteceu em casa, depois fui ao hospital. Quando regressei a casa com o bebé cometi o crime”, explicou Anísia.A jovem, que aparenta estar arrependida, enfrenta um processo-crime cuja moldura penal varia de 16 a 24 anos de prisão.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.