O Banco Mundial poderá aprovar, nos próximos dias, um pacote de 250 milhões de dólares para o financiamento de um projecto de segurança hídrica urbana, na zona sul do país.

O projecto foi já remetido pelo Governo a esta instituição financeira que, em breve, vai apresentar a decisão sobre o desembolso do montante.

Este é um dos temas que esteve em cima da mesa de conversações entre o ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Mesquita, e representantes do Banco Mundial, em Washington, a capital norte-americana.

Ao Banco Mundial e ao EximBank, Carlos Mesquita apresentou outros projectos de investimento de mais de 700 milhões de dólares com vista a construção e a reabilitação de barragens para a retenção de água, no país.

Em Washington, o ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos acertou detalhes para o financiamento pelo Millenium Challenge Corporation, da construção da nova ponte sobre o rio Licungo, na província da Zambézia.

Desde esta quarta-feira, Carlos Mesquita toma parte no Conferência Mundial sobre Águas, em Washigton onde a tónica dominante do primeiro dia foi a necessidade de reflexão sobre os impactos da dispersão da população para o provimento deste recurso.

A Conferência Mundial sobre a Água prossegue, esta quinta-feira, num dia em que se espera que Carlos Mesquita discurse na plenária do evento que junta vários líderes mundiais para debater a questão da provisão e gestão da água, à escala global. (RM)

Fonte:Rádio Moçambique Online

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *