autocarros avaria min

Há 71 autocarros parqueados por diversas avarias, de uma frota composta por 400. O facto afecta o transporte de pessoas e bens na zona Metropolitana do Grande Maputo. Dados da Agência Metropolitana de Transporte (AMT) indicam que, dos autocarros imobilizados, 19 estão completamente avariados depois de percorrerem 650 mil km e precisam de uma intervenção muito forte para voltar a circular.

 

Contudo, o Presidente do Conselho de Administração da AMT, António Matos, disse que há 50 autocarros cuja reparação é possível, bastando uma intervenção adequada. De acordo com a fonte, os autocarros parqueados poderiam numa viagem (por exemplo, da Baixa a Zimpeto), transportar 6.3 mil passageiros, tendo em conta que um autocarro transporta 90 passageiros, dos quais 50 sentados e 40 em pé.

 

Entretanto, em entrevista há dias ao jornal “Notícias”, o PCA da AMT garantiu ter já solicitado às empresas fornecedoras dos autocarros (Yutong, Zhongtong, Volkswagen e Tata), para fazer o levantamento das avarias com vista a reverter o problema. “Acreditamos que este levantamento será feito até a segunda semana de Fevereiro”, disse Matos, citado pelo “Notícias”.

 

Segundo o PCA da AMT, depois do levantamento das avarias saber-se-á quanto é necessário para fazer a reparação dos 50 autocarros.

 

Sobre o “Plano 1000”, lançado em 2019, pelo Presidente da República, a AMT contabiliza até Janeiro corrente 810 autocarros, o que representa 81% de realização. No total, a zona Metropolitana do Grande Maputo conta com pouco mais de 1210 autocarros em circulação. (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *