ataques02072444.jpg

Um grupo de homens armados que se acredita serem terroristas que actuam na província nortenha de Cabo Delgado atacou um camião na noite do último domingo, 30 de Junho, resultando na morte de uma pessoa e danos materiais na viatura.

 

À “Carta” várias fontes disseram que o ataque ocorreu no troço entre as aldeias Quelimane em Mocímboa da Praia e Mute do distrito de Palma, por volta das 20h00, quando a viatura com dois ocupantes (motorista e ajudante) estava em direcção à vila de Palma.

 

“Depois do ataque, o motorista não parou e conseguiu chegar à aldeia Mute. Ele não sofreu, mas o ajudante foi atingido e perdeu a vida”, disse à “Carta” uma das fontes.

 

Em resposta à movimentação dos terroristas, as nossas fontes testemunharam na manhã desta segunda-feira (01) o desdobramento das Forças do Ruanda, principais responsáveis pelo circuito de segurança naqueles dois distritos do norte de Cabo Delgado.

 

As forças ruandesas estariam a perseguir os atacantes, que poderão pôr em causa a circulação de pessoas e bens naquela estrada que dá acesso ao distrito de Palma, onde decorre a exploração do gás liquefeito.

 

Há uma semana, um grupo terrorista foi visto nas imediações da aldeia Quelimane no distrito de Mocímboa da Praia. Posteriormente, o mesmo grupo viria a raptar e matar uma pessoa. Este ataque foi reivindicado no domingo por mídias daquele grupo filiado ao Estado Islâmico. (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *