A GIZ está a recrutar um Assessor para a Gestão de Educação (m/f), para Beira, em Moçambique.

Descrição
  • A GIZ – Cooperação Alemã para o Desenvolvimento é uma empresa Alemã que oferece serviços, a nível mundial, na área da cooperação internacional para o desenvolvimento sustentável
  • A GIZ actua principalmente mandatada pelo Ministério Federal da Cooperação Económica e do Desenvolvimento (BMZ), porém, presta serviços também para outras entidades federais, governos de outros países, clientes internacionais assim como para empresas do sector privado
  • Em Moçambique, de entre outras áreas de assessoria, a GIZ apoia, através do Programa da Promoção da Educação Básica e de Formação Técnico Profissional (Pro Educação) em nome do Ministério Federal Alemão para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (BMZ) a implementação do Plano Estratégico da Educação e das reformas em curso na Formação Profissional do Governo de Moçambique
  • A GIZ Pro Educação implementa o Programa de Educação Básica e Formação Técnica e Profissional, em nome do Ministério Federal Alemão para Cooperação e Desenvolvimento Económico (BMZ). O seu programa está completamente integrado na estratégia de Educação do Governo de Moçambique e nas reformas de formação profissional; e na sua vertente da Educação Básica, presta assessoria ao Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano a nível central e, nas províncias de Sofala e Inhambane
  • Uma das áreas de intervenção tem como objectivo: Fortalecer as instituições descentralizadas do Sector da Educação – Direcção Provincial de Educação (DPE), Serviço Distrital de Educação, Juventude e Tecnologia (SDEJT) a tornarem-se elas próprias e as instituições a elas subordinadas, mais capazes para enfrentar os desafios trazidos pela reforma da descentralização e desconcentração na gestão do serviço público (assessoria na expansão do uso do Modulo POEMA, estatísticas de Educação no distrito, Supervisão escolar e na Melhoria e eficácia da inspecção)
  • Atingir os resultados da Gestão de Educação (Output 1) em Sofala
  • Gerir a Educação em Sofala, de acordo com a oferta e os objectivos do programa assim como actividades acordadas com a Contraparte, acordos de equipa e acordos com o superior – e em coordenar com o coordenador do Output em Maputo e o seu homólogo na província de Inhambane
  • Fornecer aconselhamento profissional a Contraparte e cooperar com os Parceiros interessados
  • Inovar, gerir o conhecimento e comunicar as inovações para um amplo grupo-alvo
  • Integrar os resultados e experiências na equipa de trabalho, assim como os resultados de todos os grupos relevantes
Funções
Assessoria
  • Aconselhar as instituições parceiras na clarificação final, identificação das necessidades, desenvolvimento de conceitos e estratégias, e fornecer informações técnicas
  • Participar na identificação de necessidades para o apoio e aconselhamento externos, trabalhar nas recomendações de políticas e desenvolver uma abordagem estratégica
  • Contribuir na elaboração e implementação do processo de coordenação, actividades conjuntas do projecto/programa e trabalho nas regiões
  • Formular descrições de tarefas e Termos de Referência, Seleccionar e Supervisionar terceiros no exercício das actividades do Projecto/Programa, incluindo a monitoria de desempenho
  • Monitorar o desenvolvimento e implementação dos planos e as actividades do programa, em estreita colaboração com os seus homólogos
  • Lidar com a concepção, elaboração e implementação dos workshops, seminários e outros eventos sobre temas relacionados com a área de actividade do programa
  • Desenvolver e organizar as medidas de garantia de qualidade, sugerindo mudanças necessárias, melhorias e iniciativas
  • Monitorar o progresso do Projecto e as actividades das Componentes, analisar os relatórios e documentos sobre o progresso dos programas conjuntos, identificar desafios e recomendar opções alternativas de gestão ao Coordenador da Gestão de Educação
  • Será responsável por assegurar que os serviços prestados pelo Output estão em coordenação e alinhados com as necessidades do Parceiro mas, coerente com a matriz de resultados
Networking e Cooperação
  • Garantir a cooperação, manter um regular contacto e diálogo com os parceiros; realizar trabalhos de Relações Públicas-RP e cooperar com as comunidades locais, organizações relevantes, organizações não-governamentais e pessoas individuais no ambiente do programa e com outros projectos para melhorar e manter boas relações de trabalho
  • Comunicar os esforços e interesses locais, encaminha-las e encorajar a partilha de ideias e informações para o benefício do projecto/programa
  • Viajar regularmente na região, de acordo com os requisitos do Programa
Gestão de Conhecimento
  • Compilar informações sobre o Output que o foi atribuído e garantir a transferência de conhecimento
  • Participar nas reuniões de monitoria e planificação do programa e contribuir paro seu desenvolvimento estratégico
  • Desenvolver estratégias prontas para uso, assim como conceitos técnicos, incluindo directrizes, manuais e procedimentos
  • Elaborar relatórios e documentos de apresentação
  • Formular o Input adequado para vários relatórios do programa, incluindo relatórios anuais, e contribuir para os outros relatórios exigidos pela Direcção do programa e GIZ Agência
  • Dar assistência as actividades de pesquisa e estudos sobre questões políticas que beneficiam programas conjuntos
Gestão e Coordenação
  • Responder pela planificação e execução do Output ao nível provincial
  • Usar as ferramentas da GIZ “GIZ’s CW” para gerir o componente
  • Coordenar e priorizar as actividades relevantes do projecto a nível local, em cooperação com a Contraparte, tanto no que diz respeito à preparação organizacional e execução das actividades
  • Gerir e Monitorar o orçamento da componente em consulta directa com o oficial responsável pelo contrato
  • Compilar as informações relevantes para actividades conjuntas e suas atribuições
Interlocução do programa Pro Educação a nível provincial
  • Será o contacto principal para a Direcção da DPE, responsável por manter as boas relações, por participar em eventos oficiais
  • Irá responder aos pedidos da Direcção da DPE, em conjugação com o coordenador do Output e a Direcção do programa
Requisitos
  • Licenciatura ou Mestrado numa área que esteja relacionada com os objectivos do programa, com foco numa área relevante
  • 5-7 anos de experiência profissional, com pelo menos 5 anos de experiência profissional numa posição equivalente
  • Bons conhecimentos do uso das tecnologias da ITC (software relacionado, telefone, fax, e-mail, Internet) e aplicações informáticas (por exemplo, MS Office).
  • A experiência comprovada numa posição de gestão
  • Fluência na língua Portuguese e Inglesa
  • Vontade para melhorar as qualificações, conforme exigido pelas tarefas a serem executadas – medidas correspondentes estão de acordo com a gestão
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados

Detalhes


Perguntas Frequentes

Como posso candidatar-me a vagas através do emprego.co.mz?

Ler artigo

 

Fonte:Emprego

Leave a Reply

Your email address will not be published.