Arranca, esta segunda-feira, em todo o país, a segunda fase da campanha de vacinação contra Covid-19. De acordo com os dados do Ministério da Saúde (MISAU), nesta fase, serão vacinadas 216.771 pessoas, todas com a vacina Covishield, desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca, adquirida no âmbito do mecanismo COVAX.

 

Entre os abrangidos, destacam-se os estudantes finalistas dos cursos da área da saúde, doentes diabéticos não abrangidos na primeira fase com idade superior a 60 anos, doentes em terapia imunossupressora, doentes com insuficiência renal crónica em hemodiálise, reclusos e funcionários prisionais, polícias e professores do ensino primário com idade superior a 50 anos.

 

Segundo o MISAU, de modo a flexibilizar o processo, foram constituídas 313 equipas, compostas por 2.643 técnicos, que vão administrar a vacina nas unidades sanitárias das sedes distritais, centros de acomodação e estabelecimentos penitenciários.

 

Diferentemente da vacina da Sinopharm, cujas doses eram inoculadas com um intervalo de 21 dias, a Covishield é administrada em duas doses, mas com um intervalo de oito semanas, o correspondente a dois meses.

 

Refira-se que a primeira fase de vacinação contra Covid-19 abrangeu profissionais de saúde, idosos residentes em lares de idosos, funcionários das morgues e cemitérios municipais. (Marta Afonso)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.