Trata-se de um caso denunciado pelo Ministério Público no mês passado.De acordo com a RM, o facto foi confirmado, esta quarta-feira, à imprensa, pelo porta-voz da Procuradoria provincial da Zambézia, Cláudio de Almeida.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.