A ADM vai participar, pela primeira vez, na Mozgrow. Guiada pelo facto de Moçambique importar produtos de primeira necessidade, a empresa vai apresentar, na quarta edição da maior feira de agro-negócio, uma plataforma de compra e venda de produtos agrícolas produzidos no país.

O Agro-negócio para o Desenvolvimento de Moçambique (ADM) está presente no país desde 2012. Nas suas análises, a empresa avança que o país importa uma quantidade considerável de produtos de primeira necessidade. Para o problema, a ADM apresenta o Agro-ponto.

“O Agro-ponto é um aplicativo de smartphone que faz a conexão de toda a cadeia de valor agrícola. Os agricultores fazem anúncio dos seus produtos a que os compradores podem ter acesso a partir da plataforma ou aplicação. Temos, agora, em Maputo, cerca de 1500 usuários, entre agricultores, vendedores, provedores de serviços agrícolas e de transporte”, explicou Armando Mazoio, gestor-assistente de projectos da ADM.

Para a empresa, a aplicação, que já conta com mais 300 transacções confirmadas entre vários compradores e o mercado grossista do Zimpeto, ajusta-se com a oportunidade de estabelecer contacto com diversos produtores através da Mozgrow.

“A feira é uma boa oportunidade para a ADM encontrar-se com outros stakeholders da cadeia de valor agrícola e, a partir daí, fazer parcerias para melhorarmos os nossos serviços. Contudo, nós queremos, neste momento, atingir parceiros maiores com o mesmo propósito que o nosso e desenvolver o sector de agro-negócio em Moçambique”, disse Armando Mazoio.

É por se tratar de uma edição em formato híbrido – presencial e virtual –, e por estar confiante com o projecto da plataforma, que a ADM espera bons resultados, entre os quais novas parcerias.

“É bastante satisfatório porque conseguiremos atingir todos os públicos, tanto os que conseguem ir dar-nos o calor presencialmente, como os que não poderão ir terão a oportunidade de assistir à feira a partir da televisão, telemóveis e outros meios que a SOICO vai utilizar para divulgar o evento”, referiu Mazoio.

O evento dedicado aos diferentes actores do sector de agro-negócio está aberto ao público e vai decorrer de 6 a 7 de Julho, na Arena 3D, em KaTembe.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.