O Interclube e o 1º de Agosto, principais adversários do Ferroviário de Maputo na fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos de Basquetebol em seniores femininos, prova cujas datas e país ainda estão por indicar, projectam a sua participação no Campeonato Provincial de Angola, certame que arranca sábado, 22 de Janeiro.

Finalista vencido (pelo Ferroviário de Maputo) nas edições de 2018, em Maputo, e 2019, no Cairo, Egipto, o Inter tem agora como treinador Carlos Dinis, figura que sucedeu ao experiente Apolinário Paquete nas “polícias”.

O ex-treinador do ASA procura, nesta altura, segundo o Jornal de Angola, limar as últimas arestas para que as vice-campeãs africanas de clubes se apresentem em boa forma nesta competição na qual terão, certamente, o D’Agosto como principal adversário.

Para já, o “coach” ainda não recebeu garantias sobre reforços. A direcção do clube, escreve o diário, quer primeiro aproveitar a primeira competição da época para aferir o potencial da equipa e avaliar a necessidade ou não de contratar jogadoras estrangeiras.

O Inter somente conquistou, em 2021, a Supertaça de Angola falhando o Campeonato Provincial, Taça de Angola e a 36ª edição do Campeonato Nacional.

Já o 1º D’Agosto, conjunto que venceu ao Ferroviário de Maputo na final de 2017, por 65-51, em Luanda, Angola, acelera a sua preparação no Pavilhão Victorino Cunha para atacar esta competição que servirá de preparação para a Taça dos Clubes Campeões Africanos assim como as provas domésticas.

As “militares” reforçaram-se, ano passado, com as internacionais basquetebolistas moçambicanas Tamara Seda e Onélia Mutombene, jogadoras que foram determinantes para a conquista da Taça de Angola e “Nacional”.

De resto, Seda foi eleita MVP (jogadora mais valiosa) e marcadora do conjunto do Rio Seco na 36ª edição do Campeonato Angolano de Basquetebol sénior feminino, tendo para o efeito anotado 23 pontos no jogo 4 dos “play-offs” da final a melhor de cinco.

O Campeonato Provincial de Basquetebol de Angola contará com a participação do Inter (A e B), Maculusso, 1º de Agosto, 1º de Agosto Academia, Núcleo Desportivo La Bomba e Formiguinhas do Cazenga.

O Núcleo Recreativo Desportivo “La Bomba Basquete” abriu as “oficinas” no passado mês de Novembro. O conjunto trabalha às ordens do técnico Agdel Galiano. Sessões de exercícios físicos e tácticos, realizados no ginásio Dopp Estúdio, à Ilha de Luanda, dominam a preparação deste conjunto, que hoje volta a treinar duas vezes.

No período matinal, as meninas do bairro da Maianga trabalham no ginásio e, à tarde, afinam na quadra do Prédio do Livro os aspectos de ordem técnica e táctica, tendo em vista o “assalto” à primeira jornada do Campeonato Provincial.

Os Formiguinhas do Cazenga, por seu turno, depois de aplaudirem o início das competições femininas, de acordo com o treinador João Formosa, preocupa-se com o facto de as atletas terem ficado um período sem treinar, devido às obras de melhoramento do seu pavilhão.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.